Existem bicicletas de muitos tipos: passeio, ciclismo de estrada, dobráveis, para montanha, elétricas e BMX (Bicycle Motocross). Neste artigo vamos focar nas últimas, que nasceram nos anos 1970 na Califórnia quando o Motocross se encontrava em pleno auge. Pouco a pouco, a bicicleta BMX foi se consagrando como uma peça chave dentro do esporte urbano.

Apesar de ter nascido nas pistas de terra, hoje em dia o ciclismo BMX comporta diferentes disciplinas acrobáticas, passando a ser considerado um esporte radical que é praticado nos mais diferentes locais, como pistas de skate e trilhas. Os praticantes dessa modalidade possuem grande resistência, equilíbrio e agilidade, embora seja um esporte que possua amantes de qualquer nível.

O mais importante

  • As BMX são um entretenimento perfeito para as crianças e adultos, pois, são bicicletas fortes e resistentes para se andar de forma ágil, realizando manobras e acrobacias estilosas, incluindo saltos e truques de equilíbrio.
  • O nível do praticante não é um fator determinante na hora de adquirir uma bicicleta de BMX. Quase todas que podemos encontrar no mercado são apropriadas também para os iniciantes, apesar de ser muito melhor comprar logo uma bicicleta que possua componentes de qualidade e freios adaptados.
  • Os profissionais escolhem bicicletas BMX fabricadas com materiais leves e resistentes, embora geralmente mais caros, como o cromo, o aço e o alumínio. Entretanto, também existe a possibilidade de comprar peças separadas de diferentes marcas e criar o próprio modelo.

Ranking: As melhores bicicletas BMX do mercado

A seguir, te mostraremos os melhores modelos de bicicleta BMX que se pode encontrar no mercado. Nessa lista, será possível descobrir qual é a mais adequada para você. Além disso, você também poderá escolher as características da bicicleta como o tamanho, rodas, freios, pneus, pedais ou o estilo estético. Siga com atenção nosso Ranking e escolha a que mais te agrada.

1º – Colli – Bicicleta BMX Cross Extreme

Nada melhor do que abrir nossa lista com uma super bicicleta BMX. Contando com o quadro, guidão e garfo em aço carbono, freio V-Brake dianteiro e traseiro, e incríveis 72 raios na roda, a Colli fez bastante barulho quando anunciou esse modelo.

Apesar do preço um pouco mais caro do que a média, a vantagem dessa bicicleta é o fato de ser ideal para crianças e adolescentes (iniciantes), mas ela também pode suportar até 70 kg, sendo uma bela opção para alguém mais leve que também faz parte da família.

2º – GTSM1 – GTS Bicicleta BMX

Esse modelo é um verdadeiro trunfo para sua marca e é sem dúvidas uma das bicicletas BMX mais vendidas do país. A bicicleta é muito resistente e leve, ideal para obstáculos urbanos e até mesmo para breves brincadeiras em trilhas.

Disponibilizando um garfo Rigid, guidão de aço e um avanço frontal específico para a modalidade, a GTS BMX é capaz de agradar até mesmo aqueles amadores experientes.

3º – Colli – Free Ride Aro 20 Cross Ride Extreme

A Colli também explora e fabrica outras modalidades dentro do mundo do BMX. Em seu modelo Free Ride, a marca faz algumas adaptações específicas, mas sem perder a robustez de seu pneu de dupla camada e o pedivela com coroa de 46 dentes, alguns dos itens que faz seu reconhecimento nacional.

Utilizando-se muitas vezes de preços promocionais para inserir o modelo no mercado, essa bicicleta acabou entrando no radar de muitos compradores.

4º – Bicicleta BMX Avalanch X-4321

A Avalanch é mais uma marca que aposta no Freeride, modalidade que vem crescendo muito entre os mais diversos níveis de praticantes devido à facilidade de sua prática acontecer em obstáculos urbanos ou trilhas de terra.

A fim de fornecer ao cliente a maior exclusividade possível, a marca disponibiliza 16 cores diferentes que podem ser escolhidas, pedivela triplo, 21 velocidades e freios a disco.

5º – RBW – BMX Cross Style Cromada

Se você deseja comprar uma bicicleta inicial, mais barata e mesmo assim de qualidade, a RBW pensou em você. Uma das mais em conta do mercado, a versão BMX da marca não poupa robustez para aguentar o tranco do início na modalidade.

Com o quadro em carbono cromado, freios V-Brake e guidão em aço, a bicicleta promete ser uma ótima companheira de aprendizado para as novas manobras.

Guia de Compras: O que você deve saber sobre a bicicleta BMX

Para começar a praticar BMX são necessários vários acessórios para garantir a segurança. Atualmente existem grandes variedades de marcas e modelos. Nos parágrafos seguintes te contaremos quais são as características que uma boa bicicleta BMX deve ter para que você façá uma ótima compra. Siga nossas instruções e garantimos que sua compra será sem erros.

Homem com bicicleta bmx.

Nas bicicletas avançadas é imprescindível que suas rodas sejam de dupla camada, com no mínimo 36 raios e toda selada. (Fonte: Greg nunes: 1623528 / unplash.com)

O que é uma bicicleta BMX?

Na década de 1970, as bicicletas começaram a ser um veículo muito popular entre os jovens, pois muitos entenderam que elas eram uma alternativa mais economicamente acessível do que uma moto. Então, com suas bicicletas, passaram a praticar a modalidade nas mesmas pistas de terra das motos até surgir o nome BMX: Bycicle Motocross.

O esporte foi crescendo em ritmo acelerado e começaram a adotar diferentes modalidades dentro do segmento, dependendo do estilo que cada praticante contribuía para a atividade. Por exemplo, com a chegada dos skateparks, o BMX deu origem à modalidade freestyle e desde Pequim 2008, o BMX participa dos Jogos Olímpicos.

Cristian Grajales MoralesCampeão de BMX Colômbia

“É melhor viver a vida com riscos do que ser o medroso que detesto.”

Quais modalidades podem ser praticadas com uma bicicleta BMX?

Para começar, é necessário saber que existem diferentes tipos de bicicleta BMX para cada tipo de modalidade que queira praticar. Dentro das modalidades mais conhecidas estão a Freestyle, a Street, Flatland, Vert, Jump e Race, entre outras mais. Na tabela seguinte listaremos quais são e em que consistem cada modalidade do BMX.

Modalidade Em que consiste?
Race Consiste em corridas com circuitos de terra repletos de saltos e curvas radicais
Freestyle Dirt Jump Consiste em realizar saltos acrobáticos sobre rampas de terra
Freestyle Flatland As acrobacias são desempenhadas em uma superfície de pavimento, realizando giros em cima dos pinos, do quadro ou do guidão
Freestyle Park Consiste em realizar acrobacias utilizando um conjunto de rampas e outros obstáculos de madeira
Freestyle Vert O atleta salta verticalmente para realizar suas manobras e aterriza na mesma rampa
Freestyle Street Para esta forma de BMX se buscam obstáculos naturais na rua como um banco no parque ou uma parede

Como começar a praticar o BMX?

Para começar, uma boa opção é praticar manobras de saltos da menor para a maior altura, com o objetivo de ir perdendo o medo. Quando já estiverem controladas as ações de saltar, amortecer e aterrizar, você pode começar a tentar se familiarizar com alguns truques comuns para a realização de acrobacias mais extremas.

foco

Você sabia que esta modalidade de ciclismo é considerada esporte olímpico desde os Jogos Olímpicos de Pequim 2008?

Quais proteções devo levar com minha bicicleta BMX?

Como qualquer outro esporte radical, é fundamental que o praticante de BMX esteja muito bem equipado e, segundo a modalidade que queira praticar, deve-se ter consigo diferentes proteções e equipamentos. Dentro dos equipamentos básicos de segurança para os esportistas, estão:

  • Capacete: Embora existam capacetes de muitos tipos, recomenda-se sempre utilizar o mais completo, pois, além de proteger a cabeça e a testa, também protege a mandíbula e a parte frontal do rosto. No BMX Race é um complemento totalmente imprescindível, já em outras modalidades como o caso do BMX Street ou Flat, geralmente utilizam-se capacetes mais livres para conseguir girar a cabeça com maior facilidade.
  • Cotoveleiras: São importantes para proteger os cotovelos e assim evitar lesões em casos de quedas.
  • Luvas: São recomendadas para todas as modalidades, embora a modalidade que a mais utilize seja a Race. Geralmente se usam aquelas que deixam os dedos aparentes.
  • Trajes: Para a modalidade Race se utilizam macacões ou conjuntos de jaquetas e calças especiais que cobrem e protegem todo o corpo perante quedas e são resistentes ao vento.
  • Sapatilhas: Cada modalidade possui um tipo de sapatilha ideal. Por exemplo, o calçado utilizado na Race e na Street são extremamente diferentes, pois a primeira precisa de um modelo muito mais flexível e esportivo.

Qual bicicleta BMX comprar?

Os modelos de bicicletas se diferem de acordo com a modalidade que se deseja praticar: afinal não será a mesma bicicleta usada para Freestyle, Race ou Street. Além disso, a bicicleta também muda caso seja destinada para crianças ou adultos e até mesmo se for para profissionais ou principiantes. Os profissionais não utilizam freios e as crianças e principiantes, sim.

O mais importante para começar a praticar o BMX é que a bicicleta seja resistente e com boa resposta às manobras, pois, invariavelmente ela irá sofrer várias quedas e batidas por conta dos primeiros passos de qualquer pessoa que se inicia em um esporte radical. Uma bicicleta com menos recursos, mas ainda assim robusta, é a melhor para iniciar.

Altura do ciclista (em metros) Tamanho da bicicleta (em polegadas)
Até 1,10 12
De 1,10 a 1,30 16
De 1,30 a 1,50 18
De 1,50 a 1,60 20
De 1,60 a 1,70 20,6
Até 1,80 20,75
Mais de 1,80 21,25

Como são as bicicletas BMX?

As bicicletas de BMX são de pequeno porte, com um diâmetro das rodas de 50 centímetros. Dispõem de um guidão alto para um maior controle das manobras e, tanto o quadro (principalmente o superior) quanto a distribuição dos tubos (principalmente a superior) ou a mesa da bicicleta, variam de acordo com a modalidade de BMX que será praticada.

Homem em bicicleta bmx, em rampa com por do sol ao fundo.

As BMX são bicicletas que se utilizam principalmente para realizar manobras, que são acrobacias realizadas pelos ciclistas. (Fonte: Bernard Bodo: 78887185 / 123rf.com)

Quais são as principais marcas de bicicleta BMX?

Existem muitas marcas de bicicleta BMX, tanto nacionais como internacionais. As que mais fazem sucesso entre os profissionais são as dos Estados Unidos. A seguir, listaremos as mais conhecidas no Brasil e no mundo. Certamente quando você for comprar sua primeira BMX estas estarão entre suas opções.

Marca Características
Wethepeople É uma marca americana que fabrica BMX, tanto para iniciantes quanto para aqueles de nível avançado. Uma excelente opção para ser sua primeira bicicleta
Garra Se caracteriza por suas peças de reposição econômicas. É uma marca perfeita caso queira baratear custos no começo da prática do BMX
Diamondback É uma marca referência porque produz bicicletas de todos os estilos: Jump, Street, Park, Race. São vendidas unicamente através de vendedores autorizados
Bicicletas DK É uma referência também, sobretudo na modalidade Race, pois são feitas de alumínio
Animal Bikes Uma marca muito completa, pois, além de fabricar bicicletas BMX, vende todo tipo de acessórios e reposições
Federal Bikes Apesar de ser uma marca britânica, fabrica suas peças em Taiwan, o que a permite baratear custos nas peças e sem perder qualidade
Monty É a marca espanhola mais famosa do mundo e tem conseguido desenvolver modelos muito completos e inovadores
Rocker Bikes É muito conhecida entre as minibicicletas BMX para realizar manobras: muito baixa e com pneus extremamente largos
Caloi Possui uma ampla gama de bicicletas (MTB, passeio, BMX, elétricas e urbanas). Oferece modelos baratos perfeitos para iniciantes na prática do BMX

Quais são as vantagens e desvantagens de se utilizar uma bicicleta BMX?

Montar em uma bicicleta é sempre uma boa pedida, porém, praticar o BMX exige destreza e habilidade, pois se trata de um esporte de aventura. Uma bicicleta BMX possui muitos benefícios e vantagens, mas também algumas desvantagens. Na tabela a seguir mostraremos suas vantagens e também suas inconveniências:

Vantagens
  • Muito resistentes
  • Boa manobrabilidade
  • Requerem pouca manutenção
Desvantagens
  • Não são aptas para percorrer grandes distâncias
  • Não são desenhadas para que se pedale a partir da sela

Critérios de Compra

Atualmente, existe uma enorme variedade de marcas e modelos, não só no ciclismo BMX, mas também em todas as disciplinas esportivas. Isso pode acabar sendo uma vantagem ou uma desvantagem. Nas próximas linhas vamos compartilhar com você algumas características que uma boa bicicleta BMX deve ter para que sua escolha seja a ideal.

  • Nível do ciclista
  • Peso
  • Rodas
  • Aço ou cromo 4130
  • Sem freio
  • Quadro, garfo e guidão
  • Relação tamanho-altura do quadro

Nível do ciclista

Existem pessoas de idade avançada que utilizam bicicletas praticamente infantis ou ciclistas jovens que montam bicicletas de profissionais. Sabemos que isso é um erro, apesar de encontrarmos esses casos comumente. Escolher a bicicleta BMX segundo o nível do usuário é algo básico, apesar de haver exceções conforme a altura, idade ou orçamento.

Usuário Roda Quadro Orçamento Idade Peso
Crianças 16, 18 ou 20’’ Entre 18,5’’ e 20,2’’ Até R$ 800 De 5 a 12 anos Até 13 kg
Principiantes 20’’ De 20 a 20,5’’ Até R$ 1.200 De 12 a 16 anos Não menos de 12 kg
Intermediário 20’’ De 20 a 21’’ Até R$ 1.600 De 14 anos em diante Entre 11 e 12 kg
Avançado 20’’ Possui uma média entre 20,5 e 21’’ Entre R$ 2.000 e R$ 2.400 De 14 anos em diante Entre 10,5 e 11,5 kg
Profissionais Rodas de 20’’ Entre 20,5 e 21,2’’ A partir de R$ 2.800, se estão com peças a serem montadas, a partir de R$ 3.500 De 14 anos em diante A partir de 11,5 kg

Peso

Para os principiantes, o peso é algo muito importante, pois, quanto menor o peso, menor a resistência. É preferível levar uma bicicleta pesada com uma grande resistência do que uma bicicleta leve que dê problemas. Para os mais avançados, deve-se escolher algo leve e resistente.

Grupo de rapazes com bicicletas BMX.

Para os principiantes, o peso é muito importante, já que quanto menor o peso, menor resistência. (Fonte: Oleg ivanov: 1166304 / unsplash.com)

Rodas

Em bicicletas avançadas é imprescindível que suas rodas sejam de camada dupla, com no mínimo 36 raios e toda selada. Além disso, temos que considerar que rodas duras não são recomendadas, uma vez que muita pressão resultará em um amortecimento ruim nas quedas. Entretanto, quando muito vazias podem acabar resultando em quedas.

O material é um outro fator fundamental. Pode-se sacrificar algo da resistência, em função do peso ou preço, por exemplo, e até colocar um quadro de aço ao invés de cromo 4130. Porém, o garfo e o guidão deveriam ser sempre de cromo 4130, pois são partes que podem acarretar em graves lesões para o ciclista se foram de qualidade ruim.

Rubén CiprianoTreinador e ex-ciclista

“A modalidade Race se realiza em uma pista parecida com a de motocross. A principal diferença é a terra utilizada: a de motocross geralmente é uma terra úmida, enquanto que na Race é uma areia argilosa e compacta para evitar prender as bicicletas.”

Sem freios

Não é recomendado tomar uma decisão drástica e já comprar uma bicicleta sem freios desde sua primeira aquisição em bicicletas BMX. Um quadro com freios pode ser usado em modo sem freio caso queira, porém, uma bicicleta sem freios nunca poderá recorrer a eles, mesmo em um caso necessário. Nossa recomendação é não começar a modalidade logo com as bicicletas sem freios.

Quadro, garfo e guidão

O quadro geralmente possui uma medida entre 20.0 e 21.2’’. Para principiantes, a medida é entre 20.0 e 20.5’’; para o nível intermediário, entre 20.5 e 21.0’’; e para os avançados, entre 20.5 e 21’’. Os profissionais devem escolher as medidas entre 20.5 e 21.2’’. Além disso, tanto o quadro como o garfo e o guidão devem ser constituídos no mínimo com cromo 4130 e, se tratado termicamente, melhor.

Relação tamanho-altura do quadro

Este fator tem que ser considerado em relação à estatura que você deseja para a bicicleta e, sobretudo, ao seu gosto estético. Se vai praticar a modalidade Race, os quadros serão mais largos, na Street ou Vert geralmente são mais estreitos, permitindo giros mais rápidos.

Resumo

As BMX são bicicletas que são utilizadas principalmente nas realizações de manobras (acrobacias feitas pelos ciclistas). Há uma grande variedade delas, seja no ar ou no asfalto. Além disso, existem um grande número de combinações que se pode fazer a partir de cada uma dessas manobras.

A bicicleta BMX foi feita para a diversão. São ideais para aqueles que adoram a prática do “motocross em bicicleta” ou qualquer outra de suas modalidades acrobáticas. Por ser de quadro baixo, são ótimas para as crianças que estão começando a aprender a andar de bicicleta, até porque muitas bikes infantis se utilizam desse mesmo formato.

Se gostou do artigo, comente ou compartilhe com seus amigos nas redes sociais.

(Fonte da image destacada: Keagan henman: 456216 / unsplash.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
35 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...