Hoje em dia, ninguém duvida que andar de bicicleta é uma opção saudável e eficiente, pois, se trata de um meio de transporte econômico, ecológico e ótimo para a saúde. E a mountain bike é uma das queridinhas. Utilizar a bicicleta também como meio de transporte é uma ótima opção para driblar os engarrafamentos das grandes cidades. Todos esses argumentos já são bastante convincentes, não é mesmo?

Porém, as bicicletas não foram feitas para ser utilizadas apenas nas grandes cidades. As mountain bikes (também conhecidas como MTB) são especializadas para trilhas, estradas e ideais para atravessar florestas e curtir caminhos rochosos e aventureiros. Graças a sua grande funcionalidade, são um dos tipos mais vendidos no mercado atualmente.

O mais importante

  • Dentro do MTB existem diferentes modalidades. A primeira coisa que se deve fazer depois de já ter escolhido comprar uma bicicleta de montanha é definir o estilo que deseja praticar. Muitos desejam uma bicicleta para trilhas (off-road).
  • Um dos erros mais comumente cometidos por aqueles que decidem comprar sua primeira mountain bike é escolher um tamanho inadequado. Esse tipo de erro faz com que a experiência acabe não sendo tão satisfatória como deveria. Se a bicicleta for muito grande ou muito pequena, será muito difícil tirar o melhor proveito de sua compra.
  • Se você pretende partir para sua primeira mountain bike, será melhor que não busque nada muito complexo ou de um nível superior ao que já deseja fazer. Avalie os componentes presentes nos modelos para que, com mais detalhes, seja possível tomar a melhor decisão de compra em relação ao custo-benefício de uma nova mountain bike.

Ranking: Os melhores modelos de mountain bike

A seguir, te listaremos as melhores mountain bikes que se pode encontrar no mercado. Nessa seção você irá ficar por dentro de qual é a mais adequada para você. Além disso, também pode escolher as características das bicicletas que mais lhe interessar, como: tamanho, cela, freios, quadro, suspensão e afins.

1º – Bicicleta GTS – Dynamic Magnésio

A GTSM1 é certamente uma das marcas mais importantes do ciclismo e esse seu modelo é uma excelente opção para quem está começando na modalidade. Com freio a disco, câmbio de 27 marchas, engrenagem Shimano e guidão de alumínio, a bicicleta não deixa nada a desejar em sua robustez.

O garfo desse modelo tem suspensão com trava hidráulica, perfeito para aguentar terrenos instáveis e divertir quem está disposto a iniciar na atividade e possui um pouco mais de dinheiro para investir.

2º – Caloi – Carbon Ibex Aro 29

Esse modelo é uma verdadeira máquina. Feita em fibra de carbono, com suspensão dianteira modelo Rock Shox XC30 e freios da Shimano, a Carbon Ibex é destinada aqueles que já necessitam de uma maior potência ou mesmo, dispostos a gastar uma boa quantia.

Porém, com seu alto desempenho perante os terrenos mais difíceis, ninguém se arrepende de pagar seu valor pedido e a alta qualidade de todos seus acessórios fazem valor cada centavo investido.

3º – Rock Mountain – Fusion 940

A Fusion 940 é um dos modelos mais vendidos pela Rock Mountain e tem como destino principalmente aquele público que adora maratona, cicloturismo ou trilhas. Com seu quadro de alumínio, velocidade 2×10 e garfo Rock Shox xc30, ela é capaz de desenvolver uma grande velocidade, facilitando percorrer grandes distâncias.

Pesando cerca de 15 kg, ela é estável e utiliza peças excelentes como acessórios. Até por isso, a Rock Mountain confirma 5 anos de garantia no quadro e 1 ano no restante das peças.

4º – Caloi – Explorer Comp Mountain Bike

Esse modelo é mais um das muitas opções de ofertas do mercado para o público que deseja segurança, conforto e performance, pagando um preço mais baixo, ainda considerado como de entrada para a área da mountain bike.

Certamente uma das grandes vantagens desse modelo é já contar com freio a disco hidráulico, um ótimo ganho em relação à bicicletas mais básicas, e seu sistema de trava remota, o que ajuda muito em momentos de subida.

5º – KSW – XLT

Se você é um daqueles que deseja muito começar na modalidade e sabe da importância de comprar algo de qualidade (para sua própria segurança), mas que não conta com um grande orçamento, esse modelo pode ser perfeito para você.

O XLT conta com tudo aquilo que uma mountain bike inicial deve ter e com o melhor preço que se pode encontrar. A bicicleta é extremamente robusta e performa muito bem nas trilhas e estradas de terra. Além disso, proporciona um ótimo conforto para que você usufrua bastante de seu começo na modalidade.

Guia de Compras: O que deve saber sobre a mountain bike

As mountain bikes possuem cada vez mais adeptos. Se seu desejo for comprar uma que concilie deslocamentos diários e que também seja possível levá-la para jornadas em meio a trilhas, nós lhe orientaremos para que seja capaz de escolher aquela que melhor se adeque às suas necessidades. Siga nossas instruções e tenha êxito em sua próxima compra.

Imagem de homem andando de bicicleta em meio a floresta.

Um dos maiores erros que geralmente se comete na compra da primeira MTB é escolher uma altura inadequada para si. (Fonte: stage 7: 1231402 / unsplash.com)

O que é uma mountain bike e para que serve?

As mountain bikes começaram a aparecer nos anos 1970 nos Estados Unidos. Desde então, permanecem em constante evolução para se adaptar as distintas modalidades e situações off-road que aparecem. Por isso, muitas vezes é difícil constatar qual a MTB mais adequada, pois, existem muitos fatores a serem considerados. Por exemplo, o tipo de suspensão ou o tamanho das rodas.

foco

Você sabia que os brasileiros têm mais bicicletas do que carros em suas casas? Entretanto, apenas 7% deles as utilizam como meio de transporte.

Quantos tipos de mountain bike existem a partir das diferenças de suspensão?

Podemos encontrar bicicletas com diferentes tipos de amortecimento. Desde as que usam suspensão dianteira (rígida ou semirrígida) até as que levam suspensão total (também chamadas de dupla suspensão). Escolher uma suspensão ou outra dependerá do lugar em que vai ser utilizada essa bicicleta. A seguir vamos falar mais sobre essas características.

Tipo de suspensão Características Preço Peso
Rígidas ou semirrígidas Necessitam de suspensão. Não são aconselháveis em trajetos longos e nem caminhos de pedras São mais baratas que as demais porque sua fabricação é mais simples São leves, dinâmicas e ágeis
Dupla suspensão Mais confortáveis. Necessita de mais esforço nas subidas devido seu maior número de peças Mais caras Maior peso

Qual roda escolher ao comprar uma mountain bike?

As rodas menores (27,5”) facilitam para uma maior aceleração devido sua maior leveza e também fornecem uma maior rigidez. Por outro lado, as rodas maiores (29″) são mais estáveis, algo muito proveitoso em terrenos irregulares. Além disso, com essa última, é possível percorrer uma maior distância por pedalada.

Rapaz com uma mountain bike.

As mountain bike começaram a aparecer nos anos 1970 nos Estados Unidos.(Fonte: aaron thomas: 216204 / unsplash.com)

O que devo considerar antes de iniciar a prática do mountain bike?

Se tem dúvidas sobre iniciar no mountain bike ou não, as informações a seguir serão importantes, pois, se você compreende que há aspectos da prática que envolvem meses de aprendizado, poupará gastos desnecessários ou inúteis. Veja com atenção os seguintes conselhos e leve-os em consideração antes de começar a praticar esse esporte.

  • Fuja da barganha: Cuidado com os preços muito baratos (abaixo dos R$ 300). É preferível escolher uma bicicleta mais cara e ganhar em segurança, robustez, controle e acesso a melhores componentes.
  • Cuidado com os esforços: Deve-se ser coerente na hora de começar a praticar esse esporte. O ideal é iniciar a subida de ritmo suavemente e ir incrementando aos poucos.
  • Dose seus esforços semanais: No começo, junto com a empolgação, é normal que queiramos praticar sem descanso. Entretanto, é preferível dosar as saídas e com o tempo ir diminuindo os períodos de descanso.
  • Escute seus colegas: Como geralmente nesse esporte se sai para pedalar acompanhado, sobretudo nas primeiras vezes, ouça os conselhos dos outros praticantes e aprenda com suas experiências e sabedorias.
  • Hidratação: O rendimento sempre será melhor se você se hidratar corretamente e constantemente.
  • Cuidado com a transmissão da bicicleta: A cada troca de marcha, faça uma pequena pausa na pedalada enquanto a corrente está mudando. Assim, garantirá uma maior durabilidade da tua bicicleta.
  • Relaxe: É normal sentir as mãos dormentes, pois, no início geralmente o praticante anda tenso e com os punhos apertados no guidão. Deixe fluir sua energia sem medo!

Quais tipos de mountain bike existem?

Você concorda que carros de passeio e off-road são bem diferentes, certo? Pois, com as bicicletas de mountain bike é a mesma coisa. Todas elas são fabricadas para andar em terrenos sem asfalto, embora existam diferentes tipos de mountain bike, cada uma é focada em um tipo de uso concreto. Falaremos mais sobre isso no quadro a seguir.

tr] Downhill; Servem para descer em alta velocidade por trilhas ou escadarias. Pode ser praticado por bicicletas com dupla suspensão ou rígidas. São fabricadas para suportar quedas e batidas [/tr]

Modalidade Características
Trail (ou All Mountain) Servem para rodar em trechos sem asfalto, em geral (florestas, trilhas de terra e trilhas de montanha). São feitas para um uso recreativo e para rodar em ritmo leve. São ideais para principiantes
Cross Country (também chamado de rally ou XC) Servem para atravessar trechos de montanha em grande velocidade. São utilizadas na prática da modalidade em Jogos Olímpicos, Copa do Mundo e circuitos de elite
Enduro São bicicletas pensadas para subidas e descidas. Fabricadas para realizar rotas por caminhos e trilhas de montanhas com amplos desníveis e até mesmo saltos

De que material são fabricadas as mountain bikes?

Hoje em dia, não são só as bicicletas de competição que são fabricadas com bons componentes, mas também aquelas feitas para o mercado comum. Agora, graças a competência dos fabricantes, as MTB dispõem de suspensões, freios e marchas de muito boa qualidade, resistentes e duráveis, tudo a um preço competitivo. A seguir, listamos alguns dos materiais mais usados nas fabricações.

Material Característica
Aço É o material de melhor qualidade e preço e o pioneiro em mountain bikes
Alumínio É mais leve que o aço, mas menos resistente. Absorve muito bem os impactos
Titânio É um dos metais mais leves, embora também um dos mais caros. Sua principal característica é a elasticidade. Devido seu preço, são poucas as marcas que optam pelo titânio para os quadros de suas mountain bikes
Fibra de carbono Absorve bem as vibrações do terreno. É mais flexível que o resto dos materiais. O fato de se quebrar facilmente é uma de suas desvantagens

Qual é a parte mais importante da mountain bike?

Sem dúvidas, o quadro é a peça mais importante de uma mountain bike. É, por exemplo, o esqueleto da bicicleta, por isso não pode ser muito grande, pois, pode acabar quebrando. O quadro pode ser fabricado de diferentes materiais, a seguir também listamos as características de cada.

Material do quadro Vantagens Desvantagens
De aço São muito acessíveis. Proporcionam, essencialmente, comodidade O aço é menos resistente que outros materiais
De fibra de carbono É um material de alta qualidade, grande leveza e boa resistência É muito frágil em caso de queda. Seu preço não é tão acessível
De titânio É o mais leve e resistente entre todos. É o mais utilizado em competições Seu preço é o mais elevado
De alumínio É tão forte quanto o aço, por isso permite uma ótima estabilidade e controle da bicicleta Em solos irregulares, sua grande rigidez pode chegar a ser desagradável

Quais tipos de bicicletas podemos encontrar de acordo com a modalidade praticada?

As diferentes especialidades do ciclismo de montanha passaram a adotar formatos específicos para a utilização de bicicletas próprias. Com isso, o uso desses veículos passou a ser dividido em alguns nichos. Na tabela a seguir contamos quais modalidades existem e do que se trata cada uma dessas especialidades.

Modalidade Tipo de bicicleta
Freeride São bicicletas leves, de alto controle e resistentes. Não são feitas para suportarem grandes distâncias
Sem marchas São bicicletas de marcha fixa e todo seu movimento depende da velocidade com que se pedala. São montadas por pessoas em excelente forma física
Trail Bicicletas para descidas. Possuem uma grande suspensão. Custo baixo. São bicicletas pesadas e reforçadas, pois, os terrenos são rochosos e desiguais

Qual é a melhor mountain bike para principiantes?

Cada vez há mais praticantes do ciclismo de montanha. Se você também está planejando começar nesse esporte, o primeiro passo deve ser adquirir uma bicicleta. Porém, qual é a ideal para esse primeiro contato? Os especialistas recomendam que deve ser uma bicicleta com suspensão dianteira.

  • São mais baratas: Isso é um fator importante, afinal você ainda não sabe se gostará e continuará ou não na modalidade. Por isso, é preferível fazer um investimento menor.
  • São mais simples de utilizar: Embora todas necessitam de pedalar para se movimentarem, as bicicletas com suspensão dianteira são mais leves e eficientes que as de dupla suspensão.
  • São mais resistentes e duráveis: Não possuem amortecedores que necessitam de cuidados e manutenções constante.
  • São mais polivalentes: Esse tipo de bicicleta serve tanto para praticar descidas pela montanha como para percorrer grandes distâncias. Com ela, você experimentará sensações diferentes dentro da mesma prática esportiva devido sua grande versatilidade.

Critérios de Compra

Atualmente, existe uma gigantesca variedade de marcas e modelos, não só no mountain bike como em qualquer atividade esportiva. Isso pode ser uma vantagem ou desvantagem. Nas seguintes linhas te contaremos quais são as características que deve ter uma boa mountain bike para que tua compra seja a ideal.

  • Quadro
  • Rodas
  • Garfo
  • Freios
  • Transmissão
  • Pneus
  • Suspensão

Quadro

O quadro geralmente é padrão em bicicletas nível principiante e amador. A diferença reside apenas na montagem e nos componentes utilizados. Embora cada marca possua seu próprio quadro, que pode variar em algumas características, há dois fatores dentro desse item que pode nos guiar na hora de escolhermos por uma bicicleta de um tipo ou de outro:

  • A altura do top tub (tubo superior): Quanto mais inclinado estiver, melhor.
  • Design: A bicicleta deve ter uma geometria mais relaxada (com um ângulo de direção mais aberto).

Rodas

Segundo o triatleta espanhol Borja Plaza, “a medida ideal para as bicicletas M, G e GG é 29’’, enquanto que para os tamanhos P e PP é 27,5’’. Isso é assim, pois, a roda de menor tamanho é mais leve, por isso é indicada para ciclistas mais baixos. Se você pretende começar a praticar a modalidade com descidas e saltos, também deve escolher a roda menor.

Garfo

É um dos elementos mais importantes da mountain bike, já que é o único fator de amortecimento. A seguir listaremos alguns modelos de garfos que podem ser encontrados no mercado para que, se for possível escolher, saiba o que melhor se adapta às suas necessidades.

Garfo Características
Suntour XCM É o nível mais básico de garfo e não possui uma grande vida útil
RockShox XC 30 É de boa qualidade, pois, oferecem uma grande confiabilidade e resistência
Garfo de ar É de um nível mais alto e mais leve que os de mola
RockShox Recon Gold Feito de alumínio (mais leve que o de aço).
É um garfo mais profissional

O melhor para começar no mountain bike é escolher a partir da segunda categoria em diante (RockShox ou superior) embora, se seu orçamento permitir, os garfos de ar são as melhores opções. Se não encontrar algum dos modelos citados anteriormente, é importante tentar se informar de quais são os equivalentes.

Freios

Apenas estaremos fazendo boas escolhas caso estejamos considerando freios a disco ou hidráulicos. É exatamente desse fator que dependemos para que obtenhamos uma boa resposta e para não acabarmos quebrando a mão tentando frear em alguma descida rápida. As marcas mais comuns são Tektro e Shimano.

Mahatma GandhiPacifista e pensador político hindu

“Nossa recompensa se encontra no esforço e não no resultado. Um esforço total é uma vitória completa”.

Transmissão

Em uma bicicleta, a transmissão é a responsável por nos fazer avançar, adaptando-se ao terreno com as mais diferentes engrenagens. Para entendermos melhor, esse sistema é mais comumente conhecido como “câmbio”, “marchas” ou “velocidades”. A transmissão perfeita para um principiante é a 2×10 ou a 1×11.

Pneus

Normalmente, os pneus de série que vêm juntos com a primeira bicicleta são substituídos por outros melhores. O importante, se desejarmos colocar novos pneus, é que eles sejam polivalentes e possuam boa aderência. Comprar modelos de anos anteriores é uma boa opção para economizar, pois, geralmente varia apenas o design.

Suspensão

Sua função é proteger o contato da roda com as imperfeições do terreno (pedras, barro, vegetações ou água). Devem ser selecionadas cuidadosamente, pois, uma boa suspensão aumenta o conforto do ciclista e uma ruim só colocará mais peso no usuário.

Resumo

A grande quantidade de componentes e modelos de mountain bike faz com que, na hora da escolha final, consideremos vários fatores. Portanto, é fundamental conhecer o uso que vamos fazer da bicicleta, já que não é a mesma coisa sair para passear tranquilamente pelo campo, como treinar forçando o máximo cada componente em terrenos complicados.

Além disso, é importante ser realista e saber por quais tipos de terrenos usará sua mountain bike, pois, quanto mais abrupto e cheio de obstáculos ele for, mais fortes e de melhor qualidade deverão ser os componentes. Não esqueça que a bicicleta terá que atravessar matas, subir montanhas e circular por terrenos rochosos.

Se gostou do artigo, deixe um comentário e o compartilhe nas redes sociais com seus amigos.

(Fonte da imagem destacada: Bogdancadar: 666656 / unsplash.com)

Avalie esse artigo

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars
31 Voto(s), Média: 4,50 de 5
Loading...